xok:

agora... adentre: entre: se toque, se pop, se top, me provoque!

26.8.10

casa nova!


pois é.
casa, GRAÇAS A DEUS, alugada!
correria diminuindo.
mudança sendo organizada!
êba!

25.8.10

a cadeirinha e ELA!



A CADEIRINHA E EU -
QUANDO: dia 26/Agosto/2010
ONDE :MERCADO DOS PINHÕES - ás 19:30h -QUINTA CULTURAL

A CADEIRINHA E EU é um solo composto em 1994 , completando em 2010 dezesseis anos em cena .Para comemorar Silvia Moura, a autora do trabalho, convidou alguns artistas
- que acompanham a trajetória do espetáculo para realizarem versões inspiradas no solo.

Inicia comigo, Paulo José , que venho realizando trabalhos solos com forte inspiração no teatro.
O projeto apresentará as duas versões!

êba!

devo experimentar uns textos neste dia!

eterno é somente o amor que não se realiza.


foi assim:
era aula: ensino da Língua Portuguesa...
achei gosto em escrever. achei mais gosto em ler.
me meti em jornal escolar. me fiz gente iniciada na vida e ainda querendo arte.

foi assim: ganhei um livro. igual ao da foto, porém outro, mas do mesmo! era igual.
só que meu.

li e reli tantas vezes, decorei textos, poemas, poesias, palavras autópsias.
interpretei como se minhas fossem aquelas palavras.

dividi. com tantos e quanto pude.
perdi para algum deles meu livro.

mas guardei as palavras e, vez por outra, repetia para não perdê-las de mim.

chamei assim, amálgama, meu primeiro ajuntamento para fazer arte.
foi também este o nome de nosso primeiro espetáculo.
hoje somos a Artelaria: um resultado desta misturada toda.

foi assim: passando na Praça do Ferreira.
olhei no chão, um senhor vendendo livros usados.
e em meio a outros grandes vi: Aíla Sampaio! Amálgama... meu velho!

foi um salto, feito bicho achando cria. e cravando as oito mil patas no livro disse: este é meu:
foi assim!

agora estou todo metido, de livro de novo.
e este exemplar ainda foi "retirado" de alguma biblioteca: outro apaixonado.
agora continuo. outro caminho.

termino como o livro começa:

eterno é somente o amor que não se realiza.

sendo assim:
pra que a pressa?

24.8.10

resolvi: vou marinar!

Oi meu povo.
depois de pensar e ver, rever, entender:
resolvi!
vou marinar, sim!
abaixo algumas coisas para quem quiser conhecer mais!


43 razões para votar em Marina
Conheça as 43 razões para você usar quando quiser explicar por que votar em Marina Silva


Na BM & FBovespa, Marina defende esforço fiscal para ampliar poupança

Vídeo
Assista à gravação do ‘Sala de Marina’ sobre propaganda eleitoral

Kit para voluntários
Baixe, use, replique, distribua e eleja Marina Silva Presidente

algumas pessoas têm dito:

"ela é evangélica, será intolerante com a diversidade sexual."

na verdade ela tem lutado contra a discriminação:


Marina Silva tem como compromisso e em seu histórico a luta contra todas as formas de discriminação: étnica, racial, religiosa, homofobia, sexismo ou qualquer outra.

existem outras boas razões.
foi alfabetizada aos 16 anos e tornou-se professora antes de iniciar sua carreira política, também conhece a pobreza, tem uma preocupação com a natureza e nossa sobrevivência, e, principalmente, como política tem a ficha limpa e uma história sem escândalos. tem um bom vice, tem uma boa equipe e boas propostas. sei que sonho é sonho, mas nada é impossível!

e é assim mesmo: idéia + corpo + articulação + rua + ônibus + praça + beira do rio + beira do mar + casa + mídia + vento + internet + planalto central!

23.8.10

para que se tenha algum humor em dias difíceis.


esses dias tô em procura.
de casa.
por isso a ausência.
quero algo assim:
simples e que me caiba.
problema:
tem dez anos que me relaciono com artistas.
até consegui fiador.
mas todos os meus amigos, os mais próximos com quem tenho alguma intimidade,
são como eu: não têm como comprovar a tal da renda.
talvez porque "agente não trabalhe..."
sem emprego, sem renda! - é o que se pensa.
sem compromisso nunca fomos. nem eu e nem eles.
mas nem me arrependo de fazer parte desta comunidade: artistas.
gosto muito até.
me é família.
e sou feliz.
tenho pedido a Deus assim:
Senhor, eu trabalho, pela renda deixa que me viro.
me arranja só a comprovação!

rsrsrsrs.

para que se tenha algum humor em dias difíceis.

beijos na alma!

P.S: sempre bom estar de pai!

17.8.10

quero uma casa.

quero umas casas no campo...
que eu possa traspôr pros meus cantos reais!

fim de semana bom!

final de semana foi assim.
muito bom.
com entendimento de casa.
recebi amigos, cozinhei pra eles e com eles.
conversamos, partilhamos, fui feliz.
Anastácia sempre linda, sempre filha, amada de mim.


final do dia, na verdade noite:

p.s: como ainda não disse: a mãe de Anastácia está viajando em temporada.
estou pela primeira vez de pai sozinho depois de tanto tempo.

azul pavão, minha cozinha.

Alex no céu da cozinha.

Aspas linda planejando.

o pai sonhando acordado,
a filha tentando dormir.

o olhar é do Elano. Boa semana!

12.8.10

bicharada

pois é:
a BICHARADA deu trabalho:
mas a festa foi linda!!!!!!!

Felipe Damasceno: o senhor da noite, meu Exu,
são pedro predileto!


de chapeuzinho vermelho...

e ele diz que está vestido: Alex: meu copão de leite!

todo tchéuris: o Sr. Discreto.

ele e Honório, meu proxeneta!

eles e João: achei turma do bocão!

Fabiano e Plínio: amo que só!

olhinho de Anastácia!

ele com meu Victor Hugo.

olha a turma do lobo mau!

no meio de amores!!!

a dona da luz...

... e da música!

Aspásia Mariana!

:todas estas fotos foram roubadas do orkut do Maycon.
infelizmente nem tem tudo nem todos.
mas adorei!
foi massa.
valeu negada!
brigado meu povo!

9.8.10

dÉBORA

ATENÇÃO: Apartir do dia 19 de novembro começam as comemorações oficiais dos 20 anos de carreira da Débora Blando.

meu dia dos pais!

video

pai.
este ano foi o quarto comemorado.
Anastácia, Menina: minha.

hoje mais ainda, mais do que nunca.

para ser (mais) pai: precisei ver-nos sozinhos.
"independentes" da mãe.

e ser pai foi ver como é muito ser mãe.
ser pai é saber que agora a menina de 4 anos já não mama,
portanto posso também: carregar, cuidar, levar, trazer.

amo minha menina. e amo saber que mãe boa ela tem.
amo saber que a tarefa de cuidar é também de ser cuidado.

engraçado: as mãozinhas de minha filha: tudo é tão grande dito por ela.

"olha só, pai!"

ontem ela me saiu com outra: depois de cochichar em meu ouvido feliz dia dos pais,
se colocou em minha frente e fez de cada mão sua um fantoche.

com o boneco da mão esquerda ela fazia uma mocinha, e, com o da direita, um rapaz.
os dois dividiam a música olha pro céu meu amor,
e ela ia alternando entre uma voz grave e outra aguda, dona de cenas, mais que criança, esperança, força, vida minha!

ainda no sábado ela foi com a mãe garimpar meu presente.
Vânia contou que ao passar por uma loja no Centro ela disse que era ali que tinha e entrou puxando pelo braço da mãe.

depois de escolher, a moça do caixa pergunta:
É este mesmo o presente do seu pai?

certa, filha, inteira, ela diz:
sim! - e entrega meu presente para a moça:
uma necessaire cor derosa, para que eu guarte meus esmaltes e maquiagens:
tesouro também dela cobiçado!

tão bom ser pai!
tão bom ser filho depois de ser pai...


amo.



: o vídeo foi presente da Fátima Muniz!

5.8.10

lembra desta princesa?

Jasmine

uma bela adormecida, depois do tempo...

outra, pra ficar Bela depois do tempo...

depois do tempo: rapunzel...

Ariel

Cinderela

Chapeuzinho

Branca de Neve

Eu continuo acreditando:
amor + amar + príncipe + princeza + bruxa + dragão + afins...

as fotos são da fotógrafa: Dina Goldstein



o vô, pai do pai, by Anastácia menina


Zé Pedro, meu pai.

pelos olhos de minha filha

e eu amo os dois!

os pais, by Anastácia menina

a mãe: Vânia

o pai: Paulo